sexta-feira, 13 de junho de 2014

De planetas distantes e luas próximas

Que tempos estamos vivendo! Com apenas duas semanas de intervalo, a revista Science publicou, em abril de 2014, dois artigos que elevaram a jovem disciplina da Astrobiologia (ou Exobiologia) a um novo e inédito patamar de realismo. Em 4 de abril apareceu a hipótese [1], bem fundamentada até este ponto, de que existiria um oceano de água líquida aprisionado sob a espessa capa de dezenas de quilômetros de gelo em Encélado, uma das luas de Saturno, o gigante dos anéis (uma lua que, aliás, passeia no meio de um desses anéis!). Em 18 de abril comunicou-se a descoberta de um planeta “certo” no “lugar certo”pelo telescópio espacial Kepler que opera em órbita do Sol: Kepler-186f [2] é o primeiro candidato ideal a abrigar vida como a que conhecemos.

(versão ampliada da coluna Observatório publicada por Jorge Quillfeldt
na Scientific American Brasil deste mês de junho de 2014)



LEIA MAIS!

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Razões para o Uso de Animais em Experimentação

http://dstats.net/download/http://www6.ufrgs.br/frontdaciencia/arquivos/Fronteiras_da_Ciencia-T05E10-Animais_em_Experimenta%C3%A7%C3%A3o-12.05.2014.mp3

Como anunciado há algumas postagens atrás, chegamos ao podcast # 163, um número a ser comemorado (por razões óbvias)!

Desta vez abordamos as razões que justificam o uso de animais em experimentação, assunto que já havíamos comentado aquim, recentemente. Nosso "entrevistado" fala bastante rápido - é verdade - mas o faz na tentativa de conseguir executar como que a "quadratura do círculo", no caso, tentar expor o conjunto de argumentos mínimos necessários para começar a refletir seriamente sobre este assunto, dentro do limitado tempo disponível. O assunto é daqueles sobre o qual a maioria das pessoas é muito ou completamente desinformada, mas que sempre vem acompanhado de uma forte resposta emocional.


LEIA MAIS!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Feliz Aniversário, Rádio Morabeza!

http://radiomorabeza.cv/index.php/programacao/programa/26-fronteiras-da-ciencia
clique para ampliar
 

Está no ar o Fronteiras da Ciência especial de aniversário da Rádio Morabeza,
de Cabo Verde, em seus 15 anos. 

O assunto não podia nos unir mais: o Oceano Atlântico!

Parabéns, caboverdianos e obrigado pela parceria na luta pela divulgação cientifica!

Continuemos a ressoar, tanto a barlavento, quanto a sotavento!

LEIA MAIS!

quinta-feira, 24 de abril de 2014

23 de abril, Dia Internacional do Livro!


Mantendo a tradição de celebrar sempre com 1-2 dias de atraso as efemérides que se sucedem mais velozmente do que nossa limitada capacidade de reação permite, registro aqui que ontem, dia 23 de abril de 2014, foi o Dia Internacional do Livro.

Embora no Brasil exista também um Dia Nacional do Livro (29 de outubro) é o dia 23 de abril que está internacionalmente dedicado à celebração e memória deste artefato absolutamente central na história da humanidade.

A efeméride restringia-se inicialmente à Espanha, que a celebrava desde 1923, tendo sido internacionalizada pelas mãos da UNESCO muito mais recentemente: apenas em 1995.

Este dia era tido como sendo a data da morte de Miguel de Cervantes e a UNESCO consolidou a efeméride reunindo-a com a coincidente data da morte de William Shakespeare. Na verdade, porém, Cervantes morreu um dia antes - o enterro é que foi nesta data - e como na Inglaterra vigia o calendário juliano, sua morte ocorreu, de fato, 11 dias depois da de Cervantes. Mesmo assim, tal incrível proximidade nas vidas de 2 dos maiores escritores-pioneiros da literatura ocidental (Camões precedeu-os, desaparecendo 36 anos antes) e a aparente coincidência desta data - 23/4 - fez com que a UNESCO adotasse essa escolha com naturalidade.

LEIA MAIS!

terça-feira, 22 de abril de 2014

Rumo ao 163!!!

http://frontdaciencia.ufrgs.br/

Extremófilas, no lugar mais seco que há...

LEIA MAIS!

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Literatura Fantástica, Impressoras 3D e a origem da água dos Oceanos!

Fronteiras da Ciência, em seu ano, está com a corda toda!

Nos programas mais recentes, cujos podcasts podem ser escutados aqui (ou assine nosso RSS), abordamos os mais diferentes temas: entrevistamos os escritores Christopher Kastensmidt e Cesar Alcázar (fundador da Argonautas Editora), que organizaram a IIIa Odisseia de Literatura Fantástica, recém ocorrida em Porto Alegre, conversamos sobre o atualíssimo tema das impressoras 3D com o colega do IF, Rafael Pezzi - veja um exemplo incrível de aplicação médica aqui -, e debatemos a origem extraterrestre da água dos oceanos, com o colega Othon Winter, professor da UNESP / Guaratinguetá e também popularizador da ciência.

Acompanhe!

Escute-nos!

Critique-nos!


LEIA MAIS!

quarta-feira, 12 de março de 2014

Intolerância religiosa



Carlos Miraglia 

No dia 11/03/2014 encontramos a seguinte notícia veiculada em várias mídias pelo Brasil: "Vereador de Antônio Prado pede demissão de servidora por ela ser ateia. Alex Dotti (PMDB) subiu à tribuna na sessão de 4 de fevereiro e pediu a exoneração da assessora de imprensa."


LEIA MAIS!

sexta-feira, 7 de março de 2014

Cansados de esperar?



Dia 10/3 estaremos de volta!


LEIA MAIS!

terça-feira, 4 de março de 2014

Ciência sem idolatria - o alerta de Susan Haack

Talvez o maior êxito do advento da ciência seja a novidade quanto a sua atitude intelectual. Para sermos justos, a "descoberta" da razão é uma façanha grega da antiguidade clássica. Mas a ciência entendida como uma empresa coletiva e republicana voltada a uma explicação da realidade, guiada por uma postura racional (notadamente balizada por um ceticismo "saudável") é uma invenção da modernidade. São inegáveis seus espetaculares resultados teóricos e  tecnológicos neste relativamente curto período histórico.  Tão impressionantes que suscitaram em muitos uma compreensão equivocada da mesma, a ponto de comprometer sua legítima tarefa epistêmica. Principal erro: tomá-la como uma panacéia!

No texto a seguir, Susan Haack, de forma clara e lúcida, chama atenção para os perigosos excessos da idolatria à ciência, sem esquecer que, apesar de tudo,  ela é uma das maiores conquistas humanas.


 Carlos A. Miraglia (UFPel)


LEIA MAIS!