terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Mineração Quântica

Do you like this post?

Poucos tópicos científicos têm sofrido tantos abusos quanto a Mecânica Quântica (outro exemplo notável é a Evolução). Nem a regulamentação de físico ajudaria nesse caso, apenas garantiria que os ingênuos seriam iludidos por pessoas com um diploma. Também nunca foi tão fácil entender a Quântica. No meu tempo fazíamos vários cursos, altamente matematizados, tanto na graduação quanto na pós, para termos uma base mínima caso desejássemos empreender pesquisas nessa área. Agora basta ler um livro de autoajuda, sem fórmulas claro. Estas foram substituídas por um par de analogias toscas. E voilá, já se pode justificar todo o universo mineral e animal com a Quântica. Basta ter a mente suficientemente aberta e deixar escorrer um pouco do cérebro...

4 comentários:

Sandi disse...

É verdade...é impressionante como é comum as pessoas usarem a "quântica" para "explicar" toda e qualquer coisa (principalmente misticismo)...afinal "a quântica explica o funcionamento do reiki, florais,..." (citando um comentário que ouvi esses tempos).

ps: o pior é que fazem uma "salada": quântica, drenagem linfática, reiki...
é rir pra não chorar...drenagem linfática em geral é saudável e útil, reiki é uma massagem quase mental (O.o weird), se funciona provavelmente é devido a algum efeito psicológico induzido, e quântica, que não sei por que cargas d'água foi parar aí no meio...

Taverna do Chico disse...

Certa vez uma criatura humanóide me explicou como a física quântica fundamenta o espiritismo. Foi uma das coisas mais imbecis que já ouvi. Perguntei-lhe por que, então, os bons físicos raramente acreditam em espiritismo ou outras doutrinas religiosas. Ela me respondeu que eles apenas fingem não acreditar. No fundo são espíritas, segundo ela.

paulopacifici disse...

Adorei o post!!! Nenhum gênio desse mundo seria capaz de entender profundamente todas aquelas filosófias e artes cidatas naquele banner. Ainda mais ensinar...kkkkk

Nicole disse...

O pior é que isto é extremamente comum... Um outro grande exemplo de uso de termos científicos para dar "ares" de assunto sério a qualquer besteira pseudocientífica, pode ser visto em vídeos como "Quem somos nós" e " O Segredo". Mas o mais incrível - e lamentável - é como isso funciona, conheço muitas pessoas que idolatram este filme e até compraram o livro, sem falar dos cristais terapeuticos e por aí vai...