quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O Apagão e os espíritos

Do you like this post?
video

A explicação do apagão de 10/11/2009 não está completa, ainda falta dizer porque sistemas complementares caíram em bloco em vez de... se complementarem. Bem, o governo parece estar satisfeito com as explicações até aqui, mas a oposição - e o ano eleitoral já começou - quer ouvir outras opiniões, e tenta "inovar" convocando, desta vez, os espíritos para explicar o incidente!

Depois da repercussão na mídia, o senador que fez a proposta passou a alegar ter sido apenas um "protesto". Porém, a imprensa, até ontem pelo menos, estava levando a sério a proposta, e a verdade é que nem todos os parlamentares, INCLUSIVE OS DA COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA tomaram a proposta como um "deboche"...


EM TEMPO (20/11/2009):

Em função do ridículo disseminado em parte da imprensa, especialmente nos blogs jornalísticos, agora o ilustre Senador Arthur Virgílio alega que aquilo era apenas um "protesto". A imprensa, porém, até ontem pelo menos, estava levando a sério a proposta, e a verdade é que nem todos os parlamentares, INCLUSIVE OS DA COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA tomaram a proposta como um "deboche"... Esta Comissão, aliás, aprovou a barbaridade em votação, mas logo voltou atrás, pois se deu conta que ia pegar mal. Agora já tem até gente manifestando-se ofendida com o uso da FCC...

Enfim, fica demonstrado mais uma vez que a idéia de que os "espíritos" possam ter informações preciosas não disponíveis por outros meios a nós, limitados mortais, e nossas canhestras ferramentas lógico-científicas, tem amplíssima acolhida na população, inclusive entre doutos parlamentares da Comissão de C&T! E é melhor nem brincar com uma coisa destas, que a coisa perde o controle...

A motivação do senador, por outro lado, é parte do desespero da oposição em tentar tirar proveito de cada episódio potencialmente deletério ao governo, pois a corrida eleitoral de 2010 já começou... mas o desespero, todos sabem, é mau conselheiro.

OBS.: Inicialmente divulguei essa notícia como se fosse uma proposta "pra valer" de um parlamentar, que foi como a maioria da imprensa a recebeu. Ainda não estou certo se era isso mesmo ou uma ironia se transformou em mal-entendido. Eu "caí" nesta porque confundi os Arturs - esse "Arthur Virgílio" com o Arthur da Távola, que defendeu o projeto da profissão astrólogo, daí que não detectei nenhuma "punch line"... Errei, enfim. Mas isso não salva o couro de nenhum Arthur.

Assim mesmo, obrigado pela dica, Orahcio, e valeu o toque, Leo e Jef.

4 comentários:

Mauro Paz - Blogger disse...

Espero que o nosso próximo presidente da república não seja um espirito desencarnado e representado aqui no "Mundo terreno" por algum pai de santo ligado a alguma igreja daquelas da gritaria, é só o que falta, ai eu me mudo de pais, vou morar no Canadá.

Lila disse...

É de atordoar... mas acho que isso não resume 'a confiança dos parlamentares no conhecimento científico', já que 99% sequer deve saber o que isso significa. Acho que isso representa o desprezo que eles têm pela função que exercem e pela população. Um despreparo e uma corrupção sem limite, que abre caminho pra todo tipo de charlatanismo. Maior é a corrupção, mais se dá espaço pra ignorância, pra enganação e superstições. Um se apoia no outro, né? Esse grupo Cobra Coral, não é de hoje que criam polêmica com a 'meteorologia esotérica', vejam só: http://trator-desgovernado.blogspot.com/2009/09/meteorologia-esoterica.html

Nicole disse...

Eu gostaria de ver por aqui a criação e posterior revelação de algo como o Profeta Carlos, como fez James Randi na década de 80 na Austrália =P. Entretanto, acho que em um país onde a maioria dos governantes não sabe diferenciar ciência de pseudociência, isto causaria mais revolta no povo do que a conscientização esperada.

Orahcio disse...

Não há de quê, estaremos sempre aí pra qualquer desvio de nosso Estado Laico.
Esses caras adoram o outro mundo por ser quase sempre mais fácil de se conseguir o que quer.