quarta-feira, 17 de março de 2010

Suicídio homeopático em massa... fracassa!

Do you like this post?
(do blogue "Ceticismo Aberto")

Precisamente às 10:23 da manhã do último dia 30 de janeiro, mais de 400 céticos britânicos ingeriram quantidades maciças de remédios homeopáticos buscando uma “overdose” que, se a homeopatia funcionasse, deveria ter causado sérias consequências. Felizmente, como se queria demonstrar, todos saíram ilesos deste protesto público contra a venda de “remédios” homeopáticos que não possuem qualquer efeito comprovado além do placebo. Uma overdose de pílulas de açúcar não tem efeito maior do que uma bala. De doce, claro.
[continue lendo aqui]

Aliás, o relato do Estadão (23/02/2010) também está muito bom!

Talvez por isso, o Parlamento Britânico tenha tomado, em fevereiro, uma posição mais dura que preocupou homeopatas em ambas as margens do Atlântico (uma solução, que, a propósito, contém a "memória" de toda a vida na terra...)


A notícia é de "O Dia":

Um debate sobre a eficiência da homeopatia na Inglaterra cruzou o Atlântico e chamou a atenção de especialistas brasileiros. A polêmica foi causada porque, esta semana, a comissão de Ciência e Tecnologia do Parlamento Britânico emitiu um relatório afirmando que remédios homeopáticos não têm eficácia. O órgão recomenda, inclusive, que o governo britânico pare de oferecer esse tipo de remédio na saúde pública.

A comissão compara a eficiência das pílulas homeopáticas ao placebo - cápsulas sem princípio ativo, receitadas por médicos para criar efeito psicológico em pacientes, ou para comparações de eficiência com outros remédios.

O governo britânico gasta apenas R$ 500 mil de seu orçamento de R$ 300 bilhões para a homeopatia, mas autores do relatório chegaram a defender que os pacientes estão "sendo enganados".

O deputado Phil Willis, presidente da comissão, exagerou: para ele, nenhum estudo jamais comprovou a eficácia da homeopatia.

Reconhecimento da OMS
A afirmação é contestada por vários especialistas que trabalham com este tipo de tratamento no Brasil. "A homeopatia é uma terapia que está fazendo 214 anos, tem reconhecimento da Organização Mundial de Saúde e de publicações científicas importantes. Se a homeopatia é placebo, está enganando muita gente e estes órgãos há muito tempo", observa a farmacêutica homeopata Carla Holandino, professora adjunta da Faculdade de Farmácia da UFRJ, coordenadora do Laboratório Multidisciplinar de Ciências Farmacêuticas.

"Os métodos usados para gerar este relatório não são claros, enquanto há muitos estudos que atestam a eficácia da homeopatia, inclusive comparando pacientes que recebem o medicamento com placebo", lembra Francisco José de Freitas, chefe do Departamento de Homeopatia e Terapêutica Complementar da Unirio.

***

Outros dois episódios recentes renovam nossa preocupação
Por fim, mais um pouco de lenha nesta sempre alegre fogueira!

9 comentários:

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wander disse...

Homeopatia não tem "reconhecimento da OMS". Dizer isso é de uma desonestidade sem tamanho. É verdade que a OMS nunca categoricamente afirmou (apesar de todos os estudos mostrarem isso) que homeopatia não passa de placebo, mas isso não quer dizer que ela a "reconheça". Pelo contrário, quando pressionada a se manifestar se posicionou contra (apesar de limitar a contra indicação para casos específicos).
http://sciencebasedpharmacy.wordpress.com/2009/08/21/world-health-organization-warns-against-homeopathy/

O que não é claro é onde estão os tais estudos que provam a efetividade de homeopatia em alguma aplicação. Digo e repito. É uma vergonha para toda a classe médica a penetração que a homeopatia tem. A vida e o bem estar de pessoas são postas em risco por ignorância, pensamento mágico ou pura fraude e ganância.

Quanto a estes "suicídios em massa", eu acho que estes caras são loucos. Não que ache que homeopatia funcione. É que este tipo de coisa não tem regulamentação apropriada. Aliás a própria classificação de um remédio como homeopata é vaga (quanta água é necessário adicionar para algo ser homeopatia?). Há "remédios" vendidos como homeopatas que possuem quantidades significativas de substâncias ativas (como extratos de ervas). Ou seja, eles podem estar tomando algo além de água ou algo contaminado.

Fernando disse...

Homeopatia será usada para "vacinar" pessoas contra a gripe "suína" no Mato Grosso do Sul??? Que absurdo! Com certeza os homeopatas não iriam deixar de se aproveitar disso: usam água como vacina, custo quase zero... E são espertinhos, porque a porcentagem de pessoas morrendo com a gripe suína não é nada diferente dos outros anos, com a gripe "normal". É um bom modo para os homeopatas enganarem a população!

Taverna do Chico disse...

A homeopatia é uma vergonha para a comunidade médica mundial. Eu fico particularmente surpreso com a quantidade de profissionais da saúde que, apesar de graduar-se por instituições que prezam o conhecimento científico, praticam sua profissão como curandeiros. E entre os não praticantes da homeopatia, a maioria covardemente omite-se, a título de "ética na profissão", sendo conivente com a disseminação de uma prática nociva que contamina as bases científicas da prática médica.

Percebo na medicina uma enorme tolerância à incompetência. Conheço inclusive uma médica, funcionária pública, que diagnosticou estar sob efeito de macumba uma rapaz com uma tremedeira provavelmente epilética. A mãe do rapaz adorou o diagnóstico e até achou o culpado.

A postura dos homeopatas, e de seus clientes, é a de religiosos, e talvez por isso tenham conquistado tamanho reconhecimento (até do Conselho Federal de Medicina), afinal alguém conseguiu convencer o mundo inteiro de que religião merece respeito, independentemente do quão idiota ou nociva seja.

Dr. Nancy Malik disse...

Real is scientific homeopathy. Evidence-based modern homeopathy medicine for everyone

Jeferson Arenzon disse...

There is no such a thing as "scientific homeopathy" (see, for example, the Lancet paper of 2005 (vol. 366, page 726).

Severino Falador disse...

Acho que para um bando de acadêmicos falta um pouco de leitura e visão holística sobre os fenômenos da nossa realidade. Dizer que homeopatia é um simples placebo é não conhecer a fisica quantica e simplesmente corroborar com essa visão newtoniana que levou o mundo a essa catástrofe. Recomendo a vocês lerem um pouco de Fritjof Capra, Murray Bookchin. De repente, passem a ver o mundo de outra forma

Jeferson Arenzon disse...

Caro Severino,

Então foi a visão newtoniana do mundo que o levou à catástrofe? Em qual delas você está pensando? Deve ser algum acidente aéreo ou automobilístico...

Eu também fiquei curioso em saber como a Quântica, na tua visão holística, justifica a homeopatia. Porque a Mecânica Quântica de verdade, aquela ensinada nos livros de física, não faz isso. Nos acusar de falta de leitura sem nos conhecer é fácil, bem mais complicado é montar um argumento baseado em fatos e evidências. E os fatos e as evidências acumulados até hoje mostram que a homeopatia é somente isso, placebo.

Taverna do Chico disse...

PelamordeDarwin! Por que os homeopatas não se perguntam por que a homeopatia não cura doenças das quais o organismo não se livra sozinho? Ou acham que conseguem curar AIDS e câncer somente com homeopatia? (misturar medicamentos de verdade com homeopatia não vale)

Homeopatia está para medicina assim como astrologia está para astronomia e numerologia está para matemática. Tenho certeza de que astrólogos e numerólogos também têm "ótimas" leituras "científicas" para nos recomendar. E muitas delas devem falar de física quântica, que corrobora qualquer hipótese maluca segundo os supersticiosos.