quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Dia da Blasfêmia

Do you like this post?
(Trad.: Blasfemia - Uma passagem para o inferno nunca foi tão divertida)

Existem assuntos que não podem ser discutidos por pessoas adultas? Se vivemos em uma democracia, com direito de expressão assegurado, não, não existem. O direito à opinião é essencial para o ser humano e é este, como indivíduo, que é protegido pelos direitos humanos. Não suas ideias. Da mesma maneira que podemos e devemos discutir futebol e política, mesmo estando em lados opostos, se pode discutir religião e deuses. Isto não é intolerância. Intolerância é tentar impedir alguém de acreditar ou não em algum dos milhares de deuses, ou tentar impor suas crenças ou descrenças aos outros. Uma maneira de fazer isso é desqualificando os oponentes ("crentes são imbecis" ou "ateus são imorais"). Para enfatizar esse ponto, de que qualquer ideia pode ser debatida, o Center for Inquiry, como parte de sua Campaign for Free Expression (Campanha pela Livre Expressão) está indicando o dia 30 de setembro como o Dia da Blasfêmia. Esse dia foi escolhido marca a publicação, por uma revista holandesa, de uma série de cartoons considerados ofensivos aos muçulmanos e servirá de protesto contra várias resoluções, inclusive da ONU, que criminalizam opiniões que podem ser consideradas ofensivas à alguma religião. O objetivo, bastante claro, "não é promover ódio ou violência. Enquanto muitos vêem a blasfemia como insultante ou ofensiva, este evento não é para se divertir às custas de ridicularizar ou insultar outras pessoas. Este evento foi criado como uma reação contrária aqueles que procuram eliminar o direito à sátira e à crítica a um conjunto particular de crenças, dando um status privilegiado sobre outras crenças."


Como parte das atividades, estão promovendo um concurso de blasfêmias. Se você tem alguma frase interessante que possa ser considerada blasfematória, aproveite. Enquanto isso, mandem seus comentários intolerantes sobre os cartoons abaixo.


Disclaimer: não sei a fonte original de todos. Se souberem, podem deixar nos comentários.

(Jesus and Mo: originais e traduzidas)





Este é um dos meus favoritos, sigam o link para ver o vídeo:










4 comentários:

Nicole disse...

"Política e religião não se discute". Ainda não encontrei outro dito popular enraizado no senso comum do povo brasileiro, que contribua tanto para a perpetuação da ignorância quanto este. Não deveria ser exatamente o contrário? Blasfemia? Que seja então...

Lila disse...

Infelizmente, alimenta-se a ideia de que devemos 'tolerar' ideias/pessoas, sem nada dizer, nada questionar, como se isso fosse garantia de respeito. Assim, dúvidas, questionamentos – e humor – parecem ter virado sinônimo de falta de respeito; e parece que o silêncio virou solução para tudo. Cultiva-se o obscurantismo nestes silêncios, isso sim! =)

Bruno O. Barros disse...

Minha contribuição para o Dia da Blasfêmia: "O hímen e a sexualidade de Nossa Senhora", http://www.bompraburro.com.br/2009/09/o-himen-e-a-sexualidade-de-nossa-senhora/

Mauro Paz - Blogger disse...

A ignorância não deve ser tolerada, assim como não poderia ser tolerados a fome, a miséria, o roubo, infelismente vivemos em uma sociedade hipócrita e mediocre nas fontes que geram cultura, cabe a nós intelectuais de pensamento livre tentar minar esse tipo de comportamento, trazendo um pouco de lucides e conhecimento para esse mundo ignorante.